Coloque o seu telemóvel na vertical para navegar no site.

Coloque o seu telemóvel na vertical para navegar no site.

Segurança

Acidentes de trabalho: Quedas

Quedas ao mesmo nível, tropeções e escorregões

Medidas de prevenção para eliminar/minimizar o risco

  • Ordem no espaço de trabalho
    Manter as zonas de trabalho limpas e arrumadas e as vias de acesso/circulação desobstruídas.

  • Escadarias
    As escadas deverão estar equipadas com corrimãos, faixas antiderrapantes nos degraus e boa iluminação.

  • Pavimentos
    A superfície dos pavimentos de ser verificada com regularidade para detetar possíveis anomalias e, sempre que necessário, deve proceder-se à sua manutenção. Constituem potenciais perigos os buracos, fissuras, alcatifas e tapetes soltos, entre outros.
    A escolha da superfície dos pavimentos deve ser adaptada ao trabalho a executar.

  • Limpeza e manutenção
    A limpeza e manutenção regulares dos espaços de trabalho minimizará os riscos. Os métodos, equipamentos e materiais utilizados deverão ser adaptados à superfície a tratar.

  • Derrames
    Os derrames devem ser imediatamente limpos através de procedimentos de limpeza adequados. O local do derrame deverá ser sinalizado, organizando vias de circulação alternativas.
  • Passagem de cabos (elétricos, dados, etc.)
    Os equipamentos devem ser colocados de modo a que os cabos não atravessem as vias de circulação. Os cabos devem ser cobertos e presos aos pavimentos de forma a não apresentar saliências.

  • Iluminação
    Assegurar que os locais de trabalho recebem luz natural suficiente e estejam equipados com luz artificial adequada à proteção de segurança e saúde dos trabalhadores.

  • Obstruções
    Sempre que possível devem ser removidas. Caso não seja possível, removê-las, devem ser utilizadas barreiras adequadas e afixados avisos de perigo.

  • Calçado
    Os trabalhadores devem ter à sua disposição calçado adequado de acordo com as características do trabalho que executam e a superfície dos pavimentos.

Sabia que...

Fonte: ACT - Autoridade para as Condições do Trabalho

  • 19% dos acidentes de trabalho graves que ocorreram em Portugal em 2013 tiveram na sua origem um tropeção ou um escorregão;

  • Os tropeções e escorregões foram responsáveis por 5% dos acidentes de trabalho mortais em 2013:

  • 36% dos acidentes com quedas ao mesmo nível ocorreram na construção civil;

  • 19% destes acidentes aconteceram em indústrias transformadoras e 10% no comércio.

Os acidentes devido a quedas não acontecem só em altura, ocorrem também em alturas muito baixas (< 2 metros) e ao mesmo nível. De acordo com as estatísticas, 60 % das quedas ocorrem ao mesmo nível e são resultantes de tropeções e escorregadelas. Os restantes 40% correspondem a quedas em altura.

  • Escorregões: ocorrem quando existe pouca tração ou atrito entre o calçado e a superfície.
  • Tropeções: ocorrem quando os pés colidem com objetos que causam perda de equilíbrio.

    Atendendo aos estudos de sinistralidade laboral dos Clientes Ageas Seguros, verifica-se que este tipo de acidentes é um dos mais frequentes na realidade laboral das empresas.

Checklist autodiagnóstico

Uma checklist que lhe permitirá efetuar um autodiagnóstico à sua empresa no que diz respeito às quedas ao mesmo nível.

O conteúdo deste artigo é meramente informativo.

Artigos relacionados

  • Medidas preventivas Covid-19

    A melhor forma de impedir a transmissão é usar uma combinação de todas as medidas preventivas e não apenas os Equipamentos de Proteção Individual (EPI). A aplicação de uma combinação de medidas de controle pode fornecer um grau adicional de proteção.

  • O que fazer em caso de possível infeção de colaborador?

    É necessário estabelecer protocolos caso um Colaborador manifeste sintomas no seu local de trabalho, para protegê-lo e proteger a restante da equipa, definindo o processo de alerta de Colaborador com sintomas.

  • Higienização do local de trabalho

    Definir e exigir procedimentos e processos básicos de higienização das mãos, de etiqueta respiratória; de colocação de máscaras e procedimentos de conduta social e manter práticas regulares de limpeza, de forma clara, simples e objetiva, fornecendo recursos e um ambiente de trabalho que promova a higiene pessoal.