Passar para o Conteúdo

O que é?

Promover a inclusão social através da empregabilidade

O programa Escola de Impacto é um programa de Empreendedorismo e Inovação Social lançado pela Fundação Ageas, em parceria com o Impact Hub Lisbon. Focado na capacitação de pessoas em situação de vulnerabilidade social, pretende criar condições para a sua empregabilidade, através da criação de mais-valias pessoais, técnicas e práticas.

“Da experiência à ideia e da ideia à ação!” é o propósito deste programa, que passa por transformar a experiência de cada participante numa ferramenta suscetível de criar negócio ou de ser colocada à disposição do tecido empresarial. A primeira edição deste programa inícia-se a 21 de Março de 2017. Os participantes têm acesso à rede de Impact Hub nacional e internacional, espaço, recursos, eventos, workshops, mentoria e coaching personalizado.

A 1ª edição decorre no período de Março a Junho de 2017.

Atividades

  • Sessões de formação (formação comportamental e técnica)
  • Aplicação de conhecimentos e ferramentas práticas na Ideia
  • Sessões de networking, palestras, eventos
  • Mentoria e apoio individualizado
  • Apresentação final da ideia/negócio – Marketplace

A quem se destina?

Qualquer pessoa:

  • Maior de 30 anos;
  • Com escolaridade mínima obrigatória completa, 9º ano;
  • Em situação de vulnerabilidade social - desemprego, ou emprego precário;
  • Com experiência profissional acumulada de 5 anos, em uma ou várias atividades;
  • Que queira transformar os seus saberes/experiências (ofícios manuais, tradicionais, criativos, outros…) em empregabilidade;
  • Com motivação para ultrapassar as suas dificuldades e agarrar um desafio que pretende reinseri-la no mercado de trabalho;
  • Identificada e acompanhada por uma instituição reconhecida (IPSS, Gabinetes de Apoio Social das Juntas de Freguesia e Gabinetes de Inserção Profissional).

Perguntas frequentes

Qual a razão deste programa?

  • Este programa de Empreendedorismo e Inovação Social nasceu no âmbito da nova estratégia da Fundação Ageas com o propósito de aumentar o seu impacto social na comunidade.

    Foi naturalmente que a Fundação Ageas se juntou ao Impact Hub Lisbon para a sua implementação. Assim nasceu a “Escola de Impacto”, com o objetivo de promover a inclusão social através da empregabilidade.

    O programa apresenta-se como um complemento ao trabalho efetuado pelas instituições de solidariedade social e pretende ser uma opção no momento de escolher um caminho no plano de vida de pessoas em situação de vulnerabilidade social.

    No processo de criação, escutámos algumas instituições do 3º sector, parceiras da Fundação: ACA (Associação Conversa Amiga); AMI; CAIS; CASA (Centro de Apoio aos Sem Abrigo); Centro Sagrada Família; Comunidade Vida e Paz; SAOM; Serve the City.

    O programa, que prevê envolver vários profissionais da rede Impact Hub Pilot Lisbon e voluntários da Fundação Ageas, decorrerá sob a gestão e coordenação do Impact Hub Lisbon.

O que é o Impact Hub?

  • O conceito Impact Hub nasceu em Londres, em 2005, e trata-se de uma rede global de polos de inovação e desenvolvimento de projetos que visam a transformação da sociedade – desde a sua fundação já nasceram mais de 1.200 startups e foram criados cerca de 3.500 postos de trabalho a tempo inteiro. O Impact Hub tem mais de 15 mil membros espalhados por 80 cidades, que formam a maior comunidade de empreendedores de impacto a nível mundial. O Impact Hub Lisbon, posiciona-se como uma combinação de laboratório de inovação, incubadora e centro de cowork e um ecossistema único de recursos, inspiração e oportunidades de colaboração para o empreendedorismo de impacto.

Como se desenrola em detalhe o programa?

    • Fase 1 - Seleção de ideais: da experiência à ideia!
      O programa inicia-se com um máximo de 40 participantes, com experiências profissionais e de vida variadas. Esta primeira fase está focada na formação comportamental e na motivação, bem como na capacidade de resiliência e no enquadramento no mundo atual laboral, com o propósito de ajudar os participantes a definir o seu objetivo de empregabilidade.
      Os participantes têm acesso a um conjunto de formações, workshops e palestras que visam desenvolver o talento e a experiência de cada um e converter essa experiência em ideia.

     

    • Fase 2 - Formação e Modelo de negócio
      As 20 ideias seleccionadas no final da primeira fase são aprofundadas nesta etapa. Os participantes vão beneficiar de um acompanhamento com recurso a mentoria, com o objetivo de capacitar e evoluir para um modelo de negócio ou competências de empregabilidade.
      Formação, reuniões individuais semanais, mentoria quinzenal e acesso a especialistas nas áreas profissionais relevantes. O programa desta fase é baseado nas melhores práticas do Impact Hub e orientado para levar os 10 melhores projetos à fase seguinte.
       
    • Fase 3 - Aceleração e Apresentação Final
      Os participantes vão desenvolver e aperfeiçoar competências de negócio (pessoais e técnicas) e trabalhar na conceção do seu objetivo de empregabilidade. Nesta fase, cada participante tem acesso a um mentor e estará a colaborar em rede no espaço Impact Hub Lisbon.
      Cada participante prepara-se para a exposição da sua ideia de negócio, ou objetivo de empregabilidade, a ser apresentada a um grupo de empresas convidadas durante um marketplace que visa promover o investimento ou a contratação dos serviços/produtos por parte das empresas presentes.

Qual a duração do programa?

  • O programa tem a duração de 17 semanas, 3 dias por semana, 4 horas por dia, sendo:

    • Fase 1: Da experiência à ideia! – 36 horas
    • Fase 2: Formação e Modelo de negócio – 76 horas
    • Fase 3: Aceleração e Apresentação Final – 78 horas

Como são selecionadas as ideias?

  • Para a seleção de ideias é aplicada uma matriz de avaliação no final da Fase 1 e da Fase 2 do programa.

    Os critérios de análise estão relacionados com a Criatividade, Motivação, a Adequação ao mercado, a Sustentabilidade e o Modelo de negócio.

    As ideias são avaliadas por um júri interdisciplinar, composto por membros do Impact Hub, Fundação Ageas e instituições parceiras, entre outros organismos.

Quais os objetivos específicos do programa?

    • Identificar e desenvolver competências individuais.
    • Promover o autoconhecimento, trabalhando pontos fortes e menos fortes.
    • Aumentar a auto-estima e confiança do indivíduo.
    • Desenvolver a auto-motivação e capacidade de resiliência.
    • Promover boas práticas e competências diretamente relacionadas com procura ativa de emprego, atitude empreendedora e ferramentas de suporte para a criação e desenvolvimento do próprio negócio.
    • Reposicionar a relação entre o indivíduo e o mercado de trabalho atual.

Uma empresa pode associar-se a este programa?

  • Qualquer empresa ou instituição pode propor associar-se ao programa Escola de Impacto como formador, mentor ou coach dos participantes, ou ainda como investidor numa das ideias finais, ou empregador.

    Para mais informações: fundação@ageas.pt

Encontre um espaço Ageas