Conduzir em segurança no inverno

As condições atmosféricas que se verificam no outono e no inverno dificultam bastante a condução. A chuva, a neve, o gelo e o nevoeiro provocam má visibilidade e perda de aderência à estrada, por isso exigem a máxima vigilância do condutor.

Lidar com o mau tempo

Com estas condições atmosféricas deve aumentar a distância de segurança, reduzir a velocidade e circular com os médios ligados, mantendo assim a sua segurança e a dos outros condutores.

Com chuva: quando chegam as primeiras chuvas o piso fica ainda mais escorregadio devido à água e sujidade acumulada nas estradas. Tenha em atenção quando passa em poças de água para evitar a aquaplanagem.

Com nevoeiro: a visibilidade fica bastante reduzida, pelo que deve evitar efetuar ultrapassagens, evitando assim, colocar em perigo todos os que circulam na estrada.
Com neve e gelo: a aderência do carro à estrada é mais reduzida, assim sugerimos que verifique o estado dos pneus e coloque as correntes de segurança. Circule devagar e evite fazer acelerações e travagens bruscas, o melhor é travar com o motor.

A travagem de emergência

Apenas os travões têm capacidade para desacelerar rapidamente e parar o veículo sem danos, desde que a travagem seja feita sem bloquear as rodas. No entanto, com o sistema ABS (Sistema Anti bloqueio de Travagem), as situações de bloqueio de rodas são quase nulas, conseguindo o condutor manter o controlo da direção durante a travagem forte, podendo mudar de trajetória, caso necessário.

No que respeita à condução na neve, uma das regras primordiais é conduzir lentamente, Quando está a conduzir numa linha reta, pode parecer que está “seguro” e ganha confiança mas, não se esqueça de diminuir a velocidade nas curvas, caso contrário poderá deslizar e perder o controlo do carro. O melhor é usar o motor como travão, muito pouco o acelerador e os travões somente em caso de emergência e a uma velocidade muito baixa.

Alerta meteorológico:

Antes de viajar, analise as condições atmosféricas e o seu veículo, para que em caso de temporal esteja prevenido.
Durante a viagem, ligue o rádio e esteja atento às notícias sobre o estado do tempo, transito e condições de tráfego.

Lembre-se que não está sozinho/a na estrada

Não se esqueça que na estrada existem condutores com mais e menos experiência de condução. O condutor à sua frente pode estar com dificuldades com o nevoeiro, ver mal à noite ou mesmo entrar em pânico porque o carro está a deslizar.

O conteúdo é meramente informativo e não dispensa a consulta das normas legais associadas.
 
Fonte: IMTT