Motivar os seniores a manterem-se ativos

Para envelhecer sem perder a autonomia ou a qualidade de vida, deve manter-se ativo/a. Seja através de atividades físicas, intelectuais ou sociais, a pessoa deve proteger-se de um envelhecimento mais acelerado.

Estimular a atividade física

A atividade física contribui para a manutenção da coordenação motora, força muscular e solidez óssea. Esta ajuda, igualmente, a prevenir as doenças cardiovasculares, determinadas tipologias de cancro e até mesmo as doenças neuro degenerativas, como o Alzheimer.

O exercício de uma “atividade física” não significa necessariamente o exercício de uma “atividade desportiva”. Poderá por exemplo caminhar, subir escadas, fazer jardinagem e/ou bricolagem, nadar, dançar, entre tantas outras atividades. 
Existem diferentes formas de estar fisicamente ativo/a.

Se tem contacto ou está a dar apoio a uma pessoa idosa pouco ativa, tente identificar atividades que esta possa exercer.          
Se a saúde lhe permitir ofereça-lhe, por exemplo, um cão de forma a lhe fazer companhia e a incentivá-la a andar e a passear. Ou, se a pessoa tiver um jardim, incentive-a a tratar deste (cortar as folhas secas, semear plantas e/ou vegetais, etc.).

Aceite os conselhos dos seus amigos ou do/a seu/sua médico/a para identificar formas simples de conseguir que a pessoa idosa se movimente.

Estimular a atividade intelectual

Existem muitas maneiras de manter a atividade intelectual depois dos 70 anos.        
Poderá estimular o intelecto de diversas formas, através de: leitura; exercícios como as palavras cruzadas e os jogos de cartas; ir ao teatro e ao cinema; ou, de viajar.

Mesmo com capacidades físicas reduzidas, é possível estar intelectualmente estimulado e motivado. Por exemplo, ao utilizar a Internet a pessoa tem contacto com o Mundo, o que permite, especialmente a uma pessoa idosa, comunicar com outras pessoas sem poder deslocar-se, ou pesquisar sobre determinados assuntos, ler as notícias dos jornais sem se deslocar para comprar o jornal, jogar jogos, entre tantas outras atividades.

Existem facilidades de leitura através de ecrãs adaptados para os idosos.
Para os seniores que gostam de jogos de cartas, o bridge é o jogo identificado com as propriedades mais benéficas na conservação da memória.

A Universidade dos tempos livres ou a Universidade da terceira idade oferecem inúmeras oportunidades para retomar os estudos em áreas particularmente populares entre os seniores (ex.: História, civilizações, artes, etc).

Estimular a atividade social

As atividades sociais permitem estimular as funções intelectuais e combater o isolamento e a depressão. Permitem que a pessoa idosa não viva num universo cada vez mais limitado, com fontes de estimulação cada vez menos diversificadas.

Incentive os seniores a participarem na vida familiar, a ter contacto com os seus vizinhos, a manter a relação com os seus amigos ou a desenvolver relações em comunidades próximas com um objetivo de interesse comum.
Se a saúde o permitir, incentive-os a fazer trabalho de voluntariado, como por exemplo, com crianças com dificuldades escolares, ou a participar em viagens ou passeios de grupo.

Se a pessoa idosa tem dificuldade em movimentar-se, poderá incentivá-la a utilizar um telefone ou telemóvel apropriado (existem versões de telefones e telemóveis para seniores) ou a descobrir as redes sociais, estimulando a atividade cerebral, o convívio e o contacto com pessoas.

O conteúdo deste artigo é meramente informativo e não dispensa a consulta de um médico.