Coloque o seu telemóvel na vertical para navegar no site.

Coloque o seu telemóvel na vertical para navegar no site.

As reclamações dos nossos Clientes são encaradas como uma importante fonte de diagnóstico interno e um possível ponto de partida para a implementação de ações que visem a melhoria do serviço prestado.

Consulte também aqui a nossa Politica de Tratamento de Clientes.

Como reclamar?

As reclamações podem ser apresentadas através dos seguintes contactos:

Consulte a Informação Geral Relativa à Gestão de Reclamações de Clientes e Terceiros.


Resolução Extrajudicial de Litígios 

Em caso de litígio o Consumidor pode recorrer à Entidade de Resolução Alternativa de Litígios Especializada no setor segurador, CIMPAS - Centro de Informação, Mediação e Arbitragem, através dos seguintes contactos:

Sede Lisboa:
Av. Fontes Pereira de Melo, 11 – 9.º Esq.; 1050-115 Lisboa
Telefone: 213 827 700
Fax: 213 827 708
E-mail: geral@cimpas.pt

Delegação Norte:
Rua Infante D. Henrique, 73, Piso 1, 4050-297 Porto
Telefone: 226 069 910
E-mail: cimpasnorte@cimpas.pt
Fax: 226 094 110
Site: www.cimpas.pt

A Ageas Portugal é aderente do CIMPAS para os casos de litígios relacionados com os contratos de seguro Automóvel, Multirriscos e Responsabilidade Civil. Nos restantes contratos de seguro a adesão é casuística, dependendo do litígio em concreto.

Para mais informações, poderá consultar o Portal do Consumidor: www.consumidor.pt


Informação específica relativa a resolução alternativa de litígios - contratação online 


Sem prejuízo da possibilidade de recurso às entidades de resolução alternativa de litígios, sempre que esteja em causa uma situação de contratação realizada exclusivamente online (via internet), os litígios de consumo daí decorrentes podem ser resolvidos através da Plataforma Europeia de resolução de litígios em linha. Esta plataforma, gerida pela Comissão Europeia e de utilização gratuita, dirige-se aos consumidores que contratem exclusivamente online (via internet) e destina-se a ajudá-los a resolver litígios sem ter de recorrer aos tribunais.

Precisa de ajuda?

Entre em contacto connosco.