Coloque o seu telemóvel na vertical para navegar no site.

Coloque o seu telemóvel na vertical para navegar no site.

Acidentes e Lesões

Ergonomia e ginástica laboral

A prevenção é a chave para a sua saúde

A Ergonomia pretende integrar as condições de trabalho e o trabalhador através da prevenção de riscos, aumentando assim a segurança, saúde, produtividade e motivação do trabalhador.

Fatores de risco ergonómicos

  • Movimentos/atividades repetitivos e monótonos.
    Os movimentos e atividades laborais repetitivos podem provocar fadiga e desgaste, tanto físico quanto psicológico. Fisicamente, compromete o sistema musculoesquelético, podendo originar lesões e inflamações.

  • Fatores psicossociais.
    Os riscos psicossociais decorrem de deficiências na organização e gestão do trabalho, podendo ter efeitos negativos a nível psicológico, físico e social.
  • Fatores físicos.
    Os níveis de ruído, iluminação e temperatura inadequados contribuem para o mal-estar no ambiente de trabalho, devem, por isso, também ser tidos em consideração, de modo a melhorar as condições de trabalho.

  • Postura inadequada.
    Uma postura incorreta pode ocasionar lesões, fadiga e enfraquecimento de certas regiões do corpo como pulsos, ombros, coluna e lombar.
ergonomia-alongamentos

Medidas preventivas

  • Adotar posturas adequadas.

  • Evitar longos períodos na posição sentada e exposição visual ao monitor.

  • Adaptar o posto de trabalho.

  • Implementar plano de ginástica laboral.

Ergonomia e Ginástica Laboral

A Ginástica Laboral atua como uma grande aliada da ergonomia nas empresas, tendo como principais objetivos:

  • Prevenir lesões;

  • Aliviar o stress;

  • Aumentar a produtividade;

  • Melhorar a postura corporal;
  • Melhorar a saúde;

  • Aumentar a motivação;

  • Diminuir a fadiga visual, corporal e mental;

  • Diminuir o sedentarismo.

Os exercícios são simples, realizados em ambiente de trabalho e no horário de trabalho. A duração ideal das sessões é de 6 a 8 minutos diários para se ter um resultado significante na musculatura (flexibilidade e força).

exercicios-ergonomia

O conteúdo deste Guia é apresentado apenas para fins informativos, não correspondendo ao cumprimento de qualquer obrigação contratual ou legal da seguradora nem substituindo o papel do segurado como responsável na gestão do risco. A informação contida neste documento pode ser objeto de alteração ou atualização a qualquer momento e não dispensa a consulta da legislação em vigor e das melhores práticas aplicadas nesta matéria, pelo que a Ageas Seguros não pode garantir a exata precisão e atualidade da mesma. A Ageas Seguros não assume qualquer responsabilidade pela utilização que possa vir a ser feita desta informação, que é da exclusiva responsabilidade do segurado

Artigos relacionados

  • Segurança de máquinas e de equipamentos de trabalho

    Em todos os setores de atividade se verificam sinistros em que estão envolvidos máquinas ou equipamentos de trabalho. Guia informativo sobre segurança na utilização e manutenção destes equipamentos

  • Equipamentos de proteção individual

    Um Equipamento de Proteção Individual (EPI) é todo o equipamento, complemento ou acessório, destinado a ser utilizado pelo trabalhador para se proteger dos riscos para a sua saúde e segurança. Os EPI são um complemento à proteção, jamais substituindo as medidas e equipamentos de proteção colectiva.

  • Princípios da Gestão de Risco

    A importância do processo de gestão de risco e as suas implicações nos locais de trabalho. Gestão de risco é um conjunto de estratégias como identificação, avaliação e controlo de riscos de caráter proativo e sistemática que estão ligados a uma determinada atividade.